FIEG 70 Anos
Mosaic Social

Ouvidor: Secretária de Saúde faz live com diretores do Hospital informando novo decreto de medidas a Covid 19

Por Redação em 16/01/2021 às 12:54:09
Suzana e os diretores do HMSA Dr. Alan Alves e Dr Murilo Paranhos durante transmissão de live (Reprodução Rede Social)

Suzana e os diretores do HMSA Dr. Alan Alves e Dr Murilo Paranhos durante transmissão de live (Reprodução Rede Social)

A secretária municipal de saúde de Ouvidor Suzana Gomes, fez na manhã desta última sexta-feira, 15/01, live com diretores do Hospital Municipal Santo Antônio Dr. Alan Alves e Dr Murilo Paranhos, informando o novo decreto da cidade, e também sua preocupação com o novo Coronavírus.

Segundo Suzana, devido sua preocupação com a nova variante do vírus e suas novas taxas de aumento na cidade, o novo decreto foi feito pelo prefeito Cebinha Machado Nascimento e enviado para a procuradoria. Por meio do decreto, Suzana diz que está fazendo sua parte enquanto secretária da saúde, mas pede para a população também faça a sua, ficando em casa e saindo só para o necessário.

O novo decreto tem validade por 5 dias, podendo estender de acordo com o aumento de casos no município. As mudanças previstas no decreto são: Mudanças de horário de estabelecimentos públicos, horários de áreas comerciais, locais que possuem maior aglomeração. Mudança no fluxo dentro de comércios, evitar aglomerações em praças e se pede uma compreensão da população que evite um trânsito noturno na cidade, para que não haja aglomeração.

Durante a live, foi dito que durante toda a semana foram feitas reuniões com o comitê de enfrentamento à Covid – 19, e foram escolhidas as melhores maneiras para que se combata. Nesta reunião, foi falado, dentre todos os assuntos, sobre as UTIs lotadas em Catalão e também sobre o prefeito de Catalão, Adib Elias Júnior, que está hospitalizado por conta da Covid – 19.

No primeiro momento, este decreto está sendo pensado e elaborado de uma maneira mais branda, visando que este decreto não prejudique nem empresários e nem comerciantes, por isso ele tem a duração de 5 dias, no entanto pode ser que este aumente. Pode ser que em um segundo momento, ele também fique mais firme.

De acordo com Suzana Gomes, essas medidas estão sendo tomadas por conta de suas preocupações com a população. Ela pede uma compreensão da população e que estes parem de sair, caso não sejam necessários.

A partir do dia 16/01, ao ir ao mercado, frutaria e farmácia, ao perceber uma enorme movimentação e aglomeração, que se espere do lado de fora do estabelecimento. No entanto, de acordo com Suzana Gomes, o decreto já irá prever um quantitativo de pessoas por estabelecimento.

De acordo com o novo decreto, fica estabelecido que a partir das 19:00 horas, só será permitido delivery em bares, restaurantes e lanchonetes.

Durante a live, foi dito que por conta de um cansaço da população, começou-se a ver pessoas sem máscara em locais de comum convivência, e essa atitude não pode mais acontecer. Tem que ser cautela da população e o reforço de medidas básicas, como uso de máscaras e álcool 70% em gel.

No início da pandemia, os casos notificados no Hospital não eram de tanta gravidade, no entanto agora tem-se chegado casos gravíssimos, que necessitam até mesmo de internações. Está se tendo uma baixa dos quadros de profissionais da saúde, em decorrência do ano de 2020, que segundo foi tido em entrevista, foi muito pesado. Se tem poucos profissionais para a grande quantidade de casos que tem chegado ao hospital.

No município de Ouvidor, houve um aumento de casos suspeitos de Covid – 19 e também de casos positivos. Os números dos dados podem aumentar conforme saírem informações sobre os testes rápidos e os CPRs (cotonete nasal).

A secretária de saúde, juntamente com os gestores do hospital da cidade, pede a compreensão de toda a população do município de Ouvidor, pois é de grande importância neste momento que se permaneça em casa, só saia se necessário e que não se aglomere. O uso de máscara é indispensável, assim como álcool em gel. Neste momento é preciso pensar no coletivo e não no individual.

Comunicar erro
Saneago
CMOC Queimadas
Sefac 10 anos Super

Comentários