Sistema FAEG-Ao seu lado sempre que precisar
Mosaic Da Mina ao Campo Dez 21 - 2

Em Goiás, leite não é só "pop" é top

No Dia Nacional da Pecuária, que tal falarmos de uma das mais importantes e fortes cadeias produtivas do agronegócio: a produção leiteira, atividade agrária que está presente em 246 municípios goianos e emprega mais de 220 mil pessoas no Estado

Por Redação, Raquel Pinho e equipe em 16/10/2021 às 21:17:54

Goi√°s é, sabidamente, uma pot√™ncia nacional no agronegócio com destaque para a pecu√°ria, atividade econômica que celebra seu dia no √ļltimo dia 14 de outubro e que emprega, direta e indiretamente, um a cada tr√™s trabalhadores brasileiros. O estado possui o segundo maior plantel de bovinos do Pa√≠s, com 23,6 milh√Ķes de cabe√ßas registradas no ano de 2020, segundo a √ļltima Pesquisa da Pecu√°ria Municipal (PPM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE). Os goianos ficam atr√°s apenas do Mato Grosso, com 32,7 milh√Ķes de cabe√ßas. A PPM também aponta um aumento de 3,5% do rebanho bovino em Goi√°s, na compara√ß√£o entre 2020 e 2019.

Os goianos também s√£o uma pot√™ncia em outra importante atividade pecuarista, a produ√ß√£o de leite. O estado ocupa a quarta coloca√ß√£o no ranking nacional de produ√ß√£o leiteira, tendo chegado a um total de 3,5 bilh√Ķes de litros em 2020. Também em 2020, Goi√°s ocupou a segunda posi√ß√£o nacional em quantitativo de vacas ordenhadas: 1,9 milh√£o, aproximadamente. Seguindo uma tend√™ncia nacional ligada à maior tecnifica√ß√£o da produ√ß√£o, a produtividade por animal subiu de 1.683 litros em 2019 para 1.702 litros em 2020. Os dados também s√£o da PPM.

Do ponto de vista socioeconômico, o leite representa uma das mais importantes cadeias produtivas de Goi√°s e do Pa√≠s, gerando mais de 220 mil empregos diretos e indiretos, em Goi√°s, e mais de 4 milh√Ķes em todo o Brasil, conforme dados fornecidos pelo Instituto para o Fortalecimento da Agropecu√°ria de Goi√°s (Ifag). "Além da nossa n√≠tida voca√ß√£o para o agronegócio, somos um estado privilegiado por sua localiza√ß√£o geogr√°fica, estamos no centro do Brasil. Portanto, n√£o é à toa que somos destaques, tanto na agricultura como na pecu√°ria", argumenta o empres√°rio André Luiz Rodrigues Junqueira, presidente do grupo Marajoara Latic√≠nios, empresa que acumula mais de 30 anos de mercado.

André Luiz lembra que a cadeia produtiva do leite é uma das mais importantes economicamente para os goianos, presente em 246 munic√≠pios do Estado. "Além das centenas de milhares de empregos gerados, o setor de latic√≠nios movimentou no mercado brasileiro mais de R$ 5 bilh√Ķes só em 2020", destaca o empres√°rio.

Empreendedorismo e sa√ļde
Mas além do aspecto macroeconômico, o industrial também destaca que o leite integra v√°rias outras pequenas cadeias produtivas que impulsionam o trabalho de milh√Ķes de microempreendedores Brasil afora. "O leite e seus derivados fomentam v√°rios pequenos negócios, muitos feitos em casa, como os das doceiras, confeiteiras, pequenas padarias e a venda de bolos, que nos √ļltimos anos voltou a se fortalecer na nossa cultura gastronômica, gerando oportunidades e renda para muita gente", destaca.

André Luiz lembra, inclusive, que os pequenos e microempreendedores do setor de servi√ßos de alimenta√ß√£o est√£o entre os principais p√ļblicos da marca. "Esse é um nicho muito importante no nosso mercado, por isso frequentemente realizamos a√ß√Ķes espec√≠ficas para esses pequenos empreendedores, como a publica√ß√£o de E-books gratuitos com receitas que podem virar bons produtos para vender. E j√° realizamos até um curso online para ajudar na gest√£o desses pequenos negócios", explica o presidente da Marajoara.

O empres√°rio ressalta também que o leite, um alimento milenar, é também sinônimo de sa√ļde. "Dentro da ind√ļstria aliment√≠cia, o leite est√° entre os alimentos que mais tiveram evolu√ß√£o em seus processos de produ√ß√£o e industrializa√ß√£o, desde o momento da ordenha até o envase do produto", explica André Luiz.

Ele lembra, por exemplo, que os modernos processos de pasteuriza√ß√£o e de esteriliza√ß√£o, por meio do método UHT [da sigla em ingl√™s para Ultra High Temperature], garantem um produto estéril de quaisquer microorganismos nocivos a sa√ļde e ao mesmo tempo mant√™m as caracter√≠sticas essenciais de nutri√ß√£o e sabor. "Além do mais, por ser um produto de origem animal, o leite passa por uma rigorosa fiscaliza√ß√£o e rotinas de testes previstos em lei, o que assegura um alimento ainda mais saud√°vel e seguro", esclarece.

Fonte: Com informa√ß√Ķes da Comunica√ß√£o Sem Fronteiras

Comunicar erro
Saneago
Campanha Coronavirus Ipameri
FGM Institucional

Coment√°rios