Camara Municipal de Cumari Institucional
Sistema FAEG-Ao seu lado sempre que precisar
Mosaic Da Mina ao Campo Dez 21 - 2

Goiás: Operação integrada desarticula organização criminosa investigada pela receptação e revenda de cargas de bebidas roubadas

Apenas uma fabricante de bebidas chegou a sofrer preju√≠zos de R$ 20 milh√Ķes ao m√™s com os crimes. A√ß√£o resultou na apreens√£o de mais de 20 carregamentos com grande quantidade de refrigerantes e cervejas.

Por Redação em 19/11/2021 às 19:31:53

Uma a√ß√£o integrada entre a Polícia Civil (PCGO), Polícia Militar (PMGO) e a Secretaria de Estado da Economia de Goi√°s resultou na desarticula√ß√£o de uma organiza√ß√£o criminosa, suspeita de receptar e comercializar cargas de bebidas roubadas/furtadas (refrigerantes e cervejas). Durante a opera√ß√£o foram apreendidos mais de 20 carregamentos com grande quantidade de bebidas de origem ilícita.

As mercadorias eram revendidas em cinco grandes distribuidoras, com sedes na regi√£o metropolitana de Goi√Ęnia. "Nessas unidades se vendiam refrigerantes e bebidas alcoólicas abaixo dos pre√ßos de mercado. Existiam muitas denúncias anônimas relacionadas a essa situa√ß√£o. Esses produtos eram advindos do tri√Ęngulo mineiro", explicou o titular da Delegacia Estadual de Repress√£o a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), Alexandre Bruno de Barros.

Segundo as investiga√ß√Ķes, o grupo emitia notas de pessoas jurídicas de outros estados em nomes de "laranjas". "Constatou-se que existia todo um esquema delitivo de esquentamento de notas, empresas inexistentes que emitiam essas notas fiscais para que esses produtos entrassem no estado de Goi√°s", disse. Apenas uma fabricante de bebidas, conhecida mundialmente, chegou a sofrer prejuízos de R$ 20 milh√Ķes ao m√™s com os crimes.

Até o momento, seis empresas envolvidas no esquema foram identificadas. A previs√£o é de que todos os investigados tenham as pris√Ķes representadas junto ao Poder Judici√°rio ainda esta semana. As empresas envolvidas também ter√£o as atividades comerciais suspensas. Os suspeitos dever√£o responder pelos crimes de recepta√ß√£o qualificada, sonega√ß√£o fiscal e organiza√ß√£o criminosa.

Fonte: Com informa√ß√Ķes da Secretaria de Estado de Seguran√ßa Publica de Goi√°s

Comunicar erro
Saneago
Campanha Coronavirus Ipameri
FGM Institucional

Coment√°rios