Camara Municipal de Cumari Institucional
Sistema FAEG-Ao seu lado sempre que precisar

Governo de Goiás lança Temporada do Araguaia 2022

Campanha conta com parcerias da Semad, do CBMGO e da Goiás Turismo. Objetivo é conscientizar sobre a preservação ambiental e garantir a segurança dos turistas

Por Redação, Carlos Duarte em 01/07/2022 às 19:59:31
Governo de Goiás Lança Temporada do Araguaia 2022, com ações voltadas à educação ambiental, preservação dos recursos naturais e cuidado ao turista

Governo de Goiás Lança Temporada do Araguaia 2022, com ações voltadas à educação ambiental, preservação dos recursos naturais e cuidado ao turista

Com ações voltadas à educação ambiental, preservação dos recursos naturais e ao cuidado com o turista, o Governo de Goiás lançou nesta quinta-feira (30/06), a Temporada do Araguaia 2022. Durante todo o mês de julho, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad), o Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBMGO) e a Goiás Turismo estarão presentes com atividades em quase toda a extensão do rio.

Após dois anos de pausa por causa da pandemia de Covid-19, o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral está com muitas expectativas para a retomada da temporada. "A Goiás Turismo reuniu as prefeituras, os órgãos do Estado e coordenou os trabalhos para esse retorno. Assinamos convênios e estamos dando total apoio aos municípios para que possam receber bem os turistas com boa estrutura", frisou.


"O Rio Araguaia é um dos nossos maiores cartões-postais. Essa retomada vai contribuir para fecharmos o ano com resultados maiores que o esperado", complementou Fabrício Amaral ao relatar que o turismo de Goiás é o que mais cresce no Brasil.

Meio ambiente

Com o foco principal em pontos de maior atração turística, a Semad estará presente em cidades como Aruanã e o distrito de Luiz Alves, em São Miguel do Araguaia. Durante os 30 dias de temporada, estandes da secretaria estarão abertos aos visitantes, além de agentes in loco para repassar orientações importantes aos turistas para que não haja depredação dos recursos naturais.

No combate à pesca predatória serão realizadas ações de orientação e o serviço de emissão de carteirinha para aposentados e isentos. É importante ressaltar que, de acordo com a Instrução Normativa 02/2020, e entre outras determinações, é instituída a cota zero de transporte de pescado, em todas as bacias hidrográficas do Estado.


"O turista pode pescar, mas o peixe deve ser consumido no local, não sendo permitido o seu transporte. E mais: o limite máximo de pescado está fixado em 5 quilos", orienta a secretária de Meio Ambiente, Andréa Vulcanis.

O Programa Juntos pelo Araguaia (JPA) também será levado aos turistas e frequentadores das praias do Araguaia. Lançado em 2019, o projeto de recuperação ambiental conta com previsão de investimentos de cerca de R$ 43 milhões. Destes, R$ 18 milhões já estão em execução, com mais de 60% dos lotes 01 e 02 já implementados.

Segurança aos turistas

Com uma equipe de 258 bombeiros militares, o Corpo de Bombeiros Militares do Estado de Goiás (CBMGO) estará presente em oito postos em Aragarças, Itacaiu, Britânia, Aruanã, Cocalinho, São José dos Bandeirantes, Luís Alves e Faina. As ações fazem parte da Operação Férias Turista Seguro, que tem como objetivo principal evitar mortes por afogamento, especialmente no Rio Araguaia, durante o mês de julho.


Foram adquiridos ainda materiais educativos e equipamentos tecnológicos, como drones, para auxiliar no monitoramento dos turistas. O CBMGO reforça que o uso do colete salva-vidas é o principal equipamento de segurança aquática. Um bom colete deve oferecer flutuabilidade, modelagem ajustada, boa amplitude de movimentos para os braços, tirantes resistentes e dispositivos de ajuste eficientes.



Fonte: Com Informações da Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Comunicar erro
Campanha Dengue Julho 2022 Saude Davinopolis

Comentários