CMOC BRASIL
coronavirus Ouvidor NOVO SUPERBANNER

"Fizemos uma administração voltada para o povo, zelando do dinheiro público", diz Onofre Galdino

Vice-presidente do MDB Goiás, prefeito de Ouvidor encerra segundo mandato com aprovação recorde

Por Redação em 29/06/2020 às 13:02:10
Prefeito de Ouvidor, Onofre Galdino (MDB). (Reprodução/Arquivo)

Prefeito de Ouvidor, Onofre Galdino (MDB). (Reprodução/Arquivo)

Na última semana, o prefeito de Ouvidor, Onofre Galdino (Onofrim) participou de uma entrevista no programa "Zap Catalão Entrevistas". Intermediado pelo repórter Elias Monteiro, o bate-papo levantou questões sobre a administração de Onofre, história política e projeções eleitorais para os próximos anos.

"Graças a Deus construí uma linda história política, mas acima de tudo grandes amigos e grandes amigas, e da mesma forma na cidade de Catalão", disse.

Para Onofrim, o ideal de servir vem de família. O avô dele, Rosa Galdino, foi vereador e o primeiro presidente da Câmara na cidade de Ouvidor. "Tive um tio prefeito, que foi também vereador e presidente da câmara e a gente parece que tem no sangue, esse gosto da política, de estar junto com as pessoas, essa vontade de servir, e desde pequeno sempre tive essa vontade de estar junto com a população, hoje me sinto realizado, me sinto bem em ser prefeito, caminhando para o fim do meu mandato", declarou.

"Sentimento de dever cumprido"

À reportagem, o prefeito utilizou as palavras "alegria" e "satisfação" para retratar o seu mandato. "O sentimento é de dever cumprido, tenho certeza que até dia 31 de dezembro nós vamos trabalhar muito", falou.

Entre os principais legados da gestão de Onofre, segundo o próprio prefeito, está o resgate da autoestima da população da cidade, levando modernidade e oferecendo serviços públicos de qualidade.

"São várias ações que resultam aí no resultado muito positivo, a primeira ação foi levantar a autoestima da população ouvidorense, os moradores estavam desacreditados, não suportavam ver uma cidade tão prospera, tão rica, mas esquecida", conta.

Quando assumiu a prefeitura para o primeiro mandato, em janeiro de 2013, Onofre precisou recuperar e adquirar novos maquinários e equipamentos, à época, sucateados.

"A população naquele momento via os maquinários sucateados, faixas na porta de hospitais que não atendiam ninguém, ônibus sem condições de transportar os alunos, e a partir de 2013, fomos melhorando a cidade, conversando com a população e tivemos êxito em todas as áreas, na questão da educação, fizemos uma escola de primeiro mundo, a gente sabe que foi um ganho enomre para a população, as crianças, pais, professores, todos ganharam", relata.

Anúncio do candidato do MDB

Em relação a escolha do nome que vai encabeçar a chapa que receberá apoio de Onofre, o prefeito disse que "todos trabalham para chegar esse dia".

"Com certeza estaremos voltando aqui para poder anunciar para vocês a toda população de Ouvidor, Catalão e nossa região", disse.

Oposição

Em relação ao grupo de oposição, Onofre diz que não compreende a união de grandes rivais políticos.

"Eu nunca vi uma oposição com grandes rivais políticos, inclusive denúncias, alguns sendo denunciados, e depois se unem em prol de um "projeto" para Ouvidor. Se eu fosse candidato, líderes políticos eu não queria, mas eleitores da oposição sim, esses temos que conversar. O que estamos vendo é uma fotografia que a população de Ouvidor não concorda", avaliou.

2021

"O futuro a Deus pertence, tenho que voltar para a caixa, mas vou tentar uma licença de seis meses, para ter um tempo para mim e depois a gente vê o que vai fazer. Seria a eleição que vamos participar efetivamente, teremos também uma eleição em Catalão, onde o Elder é pré-candiadto a prefeito, e depois, a partir de janeiro, se ele for vitorioso e precisar de mim aqui como braço direito eu quero estar para ajudá-lo, sabemos que ele é uma pessoa capacitada mas tem que ter uma equipe muito boa", disse Onofre.

CMOC BRASIL
Mosaic

Comentários

camara de ouvidor gif 3