Campanha Dengue PM Tres Ranchos
Campanha Camara Municipal de Tres Ranchos Outubro 728 x 90
Campanha Negocie Ja Secom Abril 2024 1

Caiado assume protagonismo nacional e pauta discussão sobre segurança pública no Brasil

Governador goiano tem ocupado os principais espaços de debates sobre medidas que possam frear o avanço do narcotráfico e a escalada de organizações criminosas no País

Por Redação, Carlos Duarte e Informações: Filemon Pereira em 11/06/2024 às 22:23:14

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) tem se notabilizado como um dos principais nomes da política nacional quando o assunto é segurança pública. A constante queda dos índices de criminalidade em Goiás, tem credenciado o líder goiano a ser convidado para debates sobre o tema em variados eventos pelo Brasil. Na última semana, o líder do União Brasil participou de congressos nas cidades de Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Guarujá (SP) e Brasília (DF).

Desde 2019, todas as modalidades de violência registraram queda em Goiás. Os índices mostram redução nos roubos e furtos a cargas, transeuntes, residências, comércios e veículos, além do declínio de crimes contra a vida, como feminicídio e homicídios dolosos. Já o crime de roubos a bancos, conhecido como "novo cangaço", não é registrado em Goiás desde 2021.

No último sábado (08/06), Caiado participou do Fórum Esfera Nacional – Conexões para Discutir o Brasil, no Guarujá (SP). Ao lado de outros líderes estaduais e especialistas em Segurança Pública, o governador demonstrou os resultados que Goiás tem alcançado na área. "A população goiana vive em paz, transitando sem medo e sem ter um metro quadrado comandado por bandido ou facção. A nossa polícia está preparada para salvar e proteger as pessoas", disse Caiado.

Durante participação no Seminário Internacional sobre Segurança Pública, Direitos Humanos e Democracia, outro evento realizado, dessa vez, em Brasília (DF), na última quinta-feira (06/06), ao replicar fala do secretário Nacional de Segurança Pública, Mário Luiz Sarrubbo, Caiado foi enfático ao repudiar a obrigação de uso de câmeras por policiais, o que entende ser uma inversão de prioridade. Para o governador, quem precisa ser monitorado é o bandido e não o policial.

"Com todo respeito ao secretário, eu não vou botar câmera em policial. Quem tem de ter câmera é quem está no semiaberto, quem usa tornozeleira e quem está dentro das penitenciárias", afirmou. "O que devemos é ampliar o trabalho de uma corregedoria austera", pontuou.

A atuação de Ronaldo Caiado e sua abordagem sobre segurança pública têm chamado a atenção até de expoentes da esquerda, que, ainda que não explicitamente, corroboram o discurso de Caiado e admitem que as organizações criminosas devem ser tratadas como "inimigas do povo brasileiro", tal como prega o governador goiano. Nesse sentido, o governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), avalia que a esquerda não pode mais achar que a injustiça social seja o único motivo da violência urbana.

Liderança

O governador de Goiás se notabiliza como um dos principais nomes da direita brasileira e já assumiu que pretende se colocar como opção do União Brasil para disputar a presidência da República em 2026. O governador de Goiás avalia que o eleitorado majoritário no Brasil hoje é conservador nos costumes e liberal na economia, características da política que ele defende desde 1986, quando iniciou na vida pública.

Caiado sustenta que não há diferença entre o seu eleitorado e o eleitorado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) – que não poderá concorrer nas próximas eleições, em virtude de inelegibilidade decretada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – e que, portanto, vai trabalhar para ter o apoio do ex-presidente numa eventual candidatura ao Planalto.

Comunicar erro
Mosaic - Campanha ESG 728 x 90
Campanha Dengue Caldas Novas Jan 2
Campanha Preventiva Dengue FMS Cbba 728 x 90

Comentários