Mosaic Emprega Mais 2

Davinópolis: Câmara dispensa revisão anual de salários dos parlamentares

Na ordinária também houve apreciação de indicações e uso da palavra dos vereadores

Por Redação em 10/04/2021 às 08:20:03
Parlamentares apreciando pauta no plenário Renato Manoel da Silva, da Câmara Municipal de Davinópolis (Foto: Sdnews)

Parlamentares apreciando pauta no plenário Renato Manoel da Silva, da Câmara Municipal de Davinópolis (Foto: Sdnews)

Em reunião no último dia 5 de abril, durante a 7ª reunião ordinária, os vereadores da Câmara Municipal de Davinópolis tiveram acesso aos pareceres da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em relação aos Projetos de Lei (PLs) 07/21, 01/21 e 02/21. Todos os pareceres manifestaram pela legalidade dos projetos.

O PL 01/21, que trata da renúncia dos vereadores quanto ao direito de revisão geral anual dos subsídios salarial, foi aprovado em duas votações pela casa no último dia 5. Também foi aprovado, em duas votações, o PL 02/21 prevê alteração da lei nº 657 de 31 de dezembro de 2013, para criação de um cargo comissionado de Assessor Jurídico e extinção de um cargo em comissão de Diretor de Controle Interno. Ainda na 7ª sessão ordinária, os vereadores aprovaram, em duas votações e por unanimidade, o PL 07/21, que altera a Lei 779 de 16 de março de 2020.

Indicações

O vereador Ricardo Machado da Silveira apresentou três indicações na 5ª ordinária da Câmara Municipal de Davinópolis. Na indicação 029/21 o vereador solicita que seja feita a poda da vegetação às margens da GO-210, na indicação 030/21 ele solicita a construção de uma guarita e instalação de um portão no aterro municipal e, por último, na indicação 031/21, solicita disponibilidade de um funcionário para fazer o controle e fiscalização da entrada e saída de caminhões e veículos no aterro, além de suas pesagens.

Uso da Palavra

No uso da palavra, os parlamentares comentaram os projetos, requerimentos e indicações, e também prestaram solidariedade às famílias que tem perdido pessoas para o covid-19.

O vereador Alessandro Marques Bento registrou seus sentimentos a todas as famílias de Davinópolis que perderem seus entes e quem está contaminado. "Que jesus abençoe a cada um deles, que o prefeito possa por meio da Secretaria de Ação Social, olhar com mais cuidado para as pessoas carentes que estão precisando de cestas, incluindo álcool gel e máscaras", disse.

Wilker Ferreira da Silva esclareceu sobre a validade dos decretos para isolamento social em Davinópolis. "Quero apenas fazer uma crítica construtiva sobre esse decreto para que ele seja elaborado, por exemplo em um dia, e comece a valer em outro, houve muita reclamação com a polícia em cima da porta no dia de publicação do decreto, então geralmente decreto se faz em um dia para aplicar no outro", explicou o vereador.


A vereadora Michelle Severino Campos endossou o pedido para incremento de máscaras e álcool nas cestas básicas distribuídas pela ação social. "A pessoa não tem condições nem de adquirir alimento nem de estar adquirindo esse tipo de prevenção própria", disse.

Michelle ainda falou sobre a contratação de um operador de máquinas para dar início aos trabalhos na zona rural. "(..) Já estamos entrando em abril e não fez praticamente nenhuma obra na zona rural, então pedindo para estar vendo isso com o prefeito e quando vai começar a contratar e como começar a ir nas fazendas", falou.

O vereador Ricardo Machado da Silveira registrou agradecimentos ao prefeito e a Secretária Municipal de Meio Ambiente, Geovana Dantas. "A secretária está fazendo as mudanças para aprovar um aterro sanitário – e todo aterro municipal é fechado e tem um funcionário para trabalhar lá", falou.

Huberdan Nunes informou sobre a chegada do novo caminhão pipa e solicitou que a prefeitura use o veículo para organizar o combate à disseminação da Covid-19 no município. "Hoje chegou um caminhão pipa zero, aqui na assistência social, usamos o caminhão para fazer o pedido ao secretário que faça uma organização na rua, hoje mesmo já foram três casos confirmados. (...) então vamos aproveitar esse caminhão que ele serve até de bombeiros, vamos usar ele para fazer a dedetização da cidade", explicou.

Por último, o Presidente da Câmara, vereador José Maurício de Campos (Migaia) falou sobre a seriedade da casa de leis, sempre atenta às demandas da população, e citou a reportagem do Programa Fantástico, da Rede Globo, onde falam sobre o aumento da fome no Brasil. "É uma coisa de louco, são 44 milhões de pessoas que não tem alimentação adequada, 19 milhões vivem na miséria absoluta não tem o arroz com feijão em nenhuma das refeições. Esse assunto tem que ser olhado com carinho", finalizou o parlamentar.

Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Davinópolis

Comunicar erro
Saneago
CMOC Queimadas
Sefac 10 anos Super

Comentários