Mosaic Emprega Mais 2

Ministra Damares recepciona comitiva liderada pelo prefeito de Goiânia Rogério Cruz em Brasília

Foram apresentadas demandas relacionadas a 10 programas desenvolvidos pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos que atendem a área de proteção social na capital de Goiás

Por Redação, Lívia Barbosa, da Diretoria de Jornalismo em 23/03/2021 às 22:50:04
Reunião no Ministério da Mulher | Foto: Willian Meira/MMFDH

Reunião no Ministério da Mulher | Foto: Willian Meira/MMFDH

"Cuidar das pessoas é nossa principal missão em Goiânia e, em conjunto com o governo federal, nós vamos avançar nas pautas sociais para garantir dignidade e qualidade de vida às pessoas", diz prefeito de Goiânia

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, se reuniu com a ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), na tarde desta terça-feira (23/3), em Brasília. O objetivo do encontro foi viabilizar recursos para programas a serem desenvolvidos pela Prefeitura de Goiânia nas áreas de proteção à mulher, juventude, direitos humanos, entre outros.

"Cuidar das pessoas é nossa principal missão em Goiânia e, em conjunto com o governo federal, nós vamos avançar nas pautas sociais para garantir dignidade e qualidade de vida às pessoas", afirmou o prefeito, acompanhado da primeira-dama de Goiânia, Thelma Cruz, dos auxiliares Filemon Pereira, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA), e Tatiana Lemos, da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), e do deputado federal João Campos.

Durante o encontro, a primeira-dama defendeu recursos para o desenvolvimento de iniciativas de amparo às mulheres socioeconomicamente vulneráveis e ações sociais voltadas às comunidades carentes da capital. Thelma Cruz elogiou trabalho desenvolvido pelo MMFDH e revelou o desejo de fazer com que a capital goiana seja referência no enfrentamento às desigualdades. "Vamos trabalhar para cuidar das pessoas em situação de vulnerabilidade, esse é um compromisso da gestão", afirmou.

O prefeito também solicitou recursos da pasta para a manutenção das Casas Abrigo e Repúblicas de Acolhimento à População LGBTQ+, para ações de capacitação e promoção do direito ao trabalho das pessoas com deficiência, equipagem de conselhos e órgãos de promoção e igualdade étnico-racial, entre outras iniciativas como o apoio ao funcionamento de conselhos e comissões diversas.

A secretária Tatiana Lemos avaliou o encontro como extremamente produtivo e destacou a apresentação do projeto "Acolher, Proteger e Empoderar" e o de estruturação do Centro de Formação da Mulher. "A equipagem do nosso Centro de Formação, que é um dos maiores interesses da pasta federal, visa garantir que mulheres sejam independentes financeiramente dos seus parceiros, o que reflete diretamente na redução da violência contra a mulher."

"Também solicitamos melhorias na estrutura de atendimento da nossa Casa Abrigo Sempre Viva, para que possa receber mais mulheres e seus filhos vítimas de violência. A partir de agora reuniões serão realizadas com a equipe para tratar especificamente sobre cada demanda. Temos a expectativa muito positiva de que será uma parceria de grande sucesso em prol das mulheres goianienses", assinalou a secretária.

Filemon Pereira explicou que a secretaria de Direitos Humanos já tinha se antecipado e estudado quais projetos disponíveis na cartilha do Ministério atendiam as prioridades de Goiânia. "Levamos um ofício e encaminhamos 10 programas que atendem as áreas na capital. Agora continuaremos em diálogo com a pasta e esperamos que em breve os projetos virem serviços à população", detalhou. O próximo passo é a realização de visitas técnicas e articulação entre os secretários municipais e técnicos do MMFDH

Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Goiânia

Comunicar erro
Saneago
CMOC Queimadas
Sefac 10 anos Super

Comentários