CMOC BRASIL

Enel Distribuição Goiás retoma troca de geladeiras em Goiânia

Sorteios serão feitos ao vivo pela internet, por meio do YouTube, para evitar aglomeração

Por Redação em 20/07/2020 às 12:21:49
Moradores do Balneário Meia Ponte poderão trocar 60 geladeiras (Ascom Enel)

Moradores do Balneário Meia Ponte poderão trocar 60 geladeiras (Ascom Enel)

Por meio do programa Enel Compartilha Eficiência, a Enel Distribuição Goiás retoma o projeto Troca de Geladeiras nesta semana, em Goiânia, com um novo formato, para evitar aglomeração. Os clientes do Balneário Meia Ponte poderão se cadastrar por telefone para concorrer a 60 geladeiras e o sorteio será realizado ao vivo pela internet, no YouTube.

Para participar, os clientes devem estar cadastrados no programa Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), do governo federal; serem clientes rurais na modalidade monofásica ou clientes residenciais pleno que consomem uma média de 150KWh/ mês. Também é necessário estar adimplente com a Enel.

Os interessados que se enquadrarem nesses requisitos podem se cadastrar por meio dos telefones: (62) 9827-20596, 98103-2495, 98103-2502 e 3945-8669, de segunda (20) a quarta-feira (22), das 8h às 12h e das 14h às 17h. O sorteio online será realizado na quinta-feira (23), às 17h, e somente os clientes participantes terão o link de acesso. A troca das geladeiras será realizada na sexta-feira (24), com horário agendado, na Associação dos Idosos do Jardim Balneário, obedecendo todas as medidas de segurança.

"O objetivo desse novo formato é evitar aglomerações, possibilitando a continuidade do projeto de uma forma segura para os nossos clientes e colaboradores", afirma o responsável por Sustentabilidade da Enel Distribuição Goiás, Adriano Faria. Segundo ele, desde que foi iniciado em Goiás, em novembro de 2017, o programa de sustentabilidade Enel Compartilha Eficiência já trocou mais de 10 mil geladeiras em todo o Estado. "Por meio da iniciativa, refrigeradores antigos podem ser trocados por novos com selo de eficiência A do Procel", ressalta Adriano.

Economia

Uma geladeira nova pode consumir até 70% menos que uma antiga. Em watts, esse valor representa, para um aparelho antigo, o consumo médio de 90kWh/ mês, enquanto um novo consome somente cerca de 24kWh/hora/ mês. As geladeiras do programa têm selo de consumo tipo "A", que significa maior eficiência no consumo de energia elétrica.

Estudo feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) mostra que a geladeira é responsável por quase um terço de toda a energia consumida em uma residência. Os aparelhos antigos e em mau estado, além de consumirem mais energia que o recomendado, emitem gases que destroem a camada de ozônio, agravando o aquecimento global.

CMOC BRASIL
Saneago
CMOC Queimadas

Comentários

camara de ouvidor gif 3
Goiania Saude Covid 19