Campanha Dengue PM Tres Ranchos
Campanha Camara Municipal de Tres Ranchos Outubro 728 x 90
Campanha Negocie Ja Secom Abril 2024 1

18º Festival Italiano de Nova Veneza: Danças típicas trazem o clima da alegria italiana

Após 15 anos de participações, o Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro Nova Veneza já pode ser considerado como parte integrante do Festival Italiano de Nova Veneza

Por Redação, Carlos Duarte e Informações: Thiago Burigato em 08/06/2024 às 10:19:36
Expressivos em sua essência, os italianos não se comunicam apenas de palavras, mas também de expressões faciais, gestos e, especialmente , dança. A partir do século XIV, com o Renascimento, as danças começaram a ganhar destaque na Itália, tornando-se parte essencial das tradições folclóricas do país. A dança reflete muito sobre a cultura italiana, que valoriza a convivência à mesa e com a família. Marcada pelo ritmo e pela alegria, a dança, para os italianos, é uma forma de confraternizar e celebrar conquistas.
É por isso que a dança faz parte da programação do 18° Festival Italiano de Nova Veneza, agendado para os dias 6 a 9 de junho em Nova Veneza, Goiás. Após 15 anos de participações, o Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro Nova Veneza já pode ser considerado como parte integrante do Festival Italiano de Nova Veneza.

Responsável por levar ao público a beleza e alegria das tradicionais danças italianas, o conjunto retorna mais uma vez neste ano, com novas coreografias para representar a alegria do povo italiano, os usos, costumes e tradições dos imigrantes daquele País.

Na noite desta sexta-feira, 7 de junho, aconteceu a primeira apresentação do grupo, que permanece na cidade até domingo, 9.
A noite contou também com Show do cantor Tony Angeli e banda, que aos 82 anos de idade e vivendo no Brasil desde 1964, Tony Angeli continua a encantar o público com as músicas de sua terra natal. Seus shows são marcados pela apresentação de grandes sucessos, como Roberta, All Di La, Dio Come Ti Amo, O Mio Senhore, Vollare, Sole Mio e Carusso, que fizeram história na era de ouro da música italiana. "Eu me considero um representante da música italiana no Brasil e estou muito animado por poder compartilhar o meu trabalho com o público do festival", diz Tony.
Outra atração da noite foi o Quinteto de Cordas da Orquestra Sinfônica de Goiás. Formado por dois violinos, uma viola, um violoncelo e um contrabaixo, o grupo trará versões instrumentais de músicas populares, temas de filmes e peças clássicas conhecidas, proporcionando uma experiência musical diferente ao evento. A apresentação, que tem por duração cerca de 45 minutos.
Apresentações locais serão exibidas, a exemplo do coral das crianças da rede municipal de ensino. O coral é composto por 42 alunos de 6 a 10 anos da rede municipal de Nova Veneza ensaiaram intensamente para esta edição, sob a orientação da professora Iraides Pereira. O repertório inclui "Tintarella di Luna" e "Ci Vuole Un Fiore", com mais solos do que nas edições anteriores.
Mas o destaque vai para o Trio "Dolce a Canter", que neste ano, o trio leva ao Festival Italiano uma apresentação especial em homenagem à memória do avô, que muito lhe ensinou sobre a música italiana. O repertório inclui canções como "Con Te Partirò", de Andrea Bocelli, e "Strani Amori" , de Laura Pausini.

Como chegar à Nova Veneza

Situada aproximadamente 30 quilômetros de Goiânia e a 195 quilômetros de Brasília, a cidade possui quatro acessos.

De Goiânia, a opção é ir pela GO 462, que sai pela Avenida Eurico Viana, no setor Parque das Nações, passa pelo Campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás, por Santo Antônio e chega direto à cidade. Por essa alternativa, são 28 quilômetros de distância.
Outra alternativa é seguir pela 070, rodovia que na capital pode ser acessada pela Avenida Anhanguera e chega a Inhumas. De lá, o trajeto para Nova Veneza se dá também pela GO 222 e a distância é ainda menor: 20 quilômetros.
Para quem vem de Anápolis, a indicação é a GO 222, que parte de Anápolis e segue até Nerópolis, sendo que o visitante deverá passar por dentro da cidade para acessar novamente a rodovia GO 222 até Nova Veneza. O trajeto tem 40 quilômetros é o indicado para quem vem de Brasília também.
Desde 2018, Nova Veneza ganhou uma nova alternativa de acesso com a pavimentação da antiga estrada Santa Bárbara, é a GO 420. Com 6,7 quilômetros, ela liga a cidade de Nova Veneza à GO-080, após a cidade de Nerópolis. Por este caminho, quem vem de Goiânia anda 37 quilômetros; de Anápolis, são 45 quilômetros.
Sobre o Festival
Com o tema "A casa d'Itália", em sua 18ª edição, o Festival Italiano de Nova Veneza existe desde 2003, quando surgiu para valorizar a história da cidade, formada por colonos italianos que vieram para o Brasil há mais de 100 anos. Hoje, cerca de 60% da população do município de Nova Veneza é formada por descendentes italianos. O evento neste ano será realizado de 6 a 9 de junho e deve receber mais de 120 mil pessoas nos quatro dias.

Além do resgate cultural, a iniciativa estimula também a economia local. Toda a cadeia produtiva da região é envolvida: de produtores de milho, tomate, hortaliças, gado, frango etc, a profissionais do setor de gastronomia, eventos, artistas, entre outros, todos se envolvem com o festival.

Fonte: Com Informações da Comunicação Sem Fronteiras

Comunicar erro
Mosaic - Campanha ESG 728 x 90
Campanha Dengue Caldas Novas Jan 2
Campanha Preventiva Dengue FMS Cbba 728 x 90

Comentários