Mosaic Emprega Mais 2

Anhanguera: Prefeitura e Secretaria de Turismo celebram Dia do Ferroviário

Em homenagem aos ferroviários, o município faz a noite de autógrafos do autor Edmar Cesar fez a apresentação de seu mais recente livro "Estrada de Ferro de Goyaz - As Fitas de Aço da Integração" que conta a história da transformação causada nas cidades cortadas pela estrada de ferro

Por Redação, Carlos Duarte em 02/05/2021 às 22:57:04
Marcelo, o escritor Edmar Cesar e autoridades entregando oPainel da Estação Ferroviária de Anhanguera que ornamenta a Sala de Reuniões Lourival Vieira dos Santos.

Marcelo, o escritor Edmar Cesar e autoridades entregando oPainel da Estação Ferroviária de Anhanguera que ornamenta a Sala de Reuniões Lourival Vieira dos Santos.

Na noite da última quinta, 29/4, o plenário vereador Douglas de Aguiar da Câmara Municipal de Anhanguera, sediou um importante marco na história da cidade, a celebração do Dia do Ferroviário – comemorado em 30 de abril.

A história de Anhanguera com a ferrovia é profunda, com a construção da Ponte Sobre o Rio Paranaíba Dr. Emilio Schnnor, de 287,50 metros de extensão – inaugurada em 15 de agosto de 1912. Já em 24 de fevereiro de 1913, de acordo com registros históricos quando se dá a inauguração do Trafego Ferroviário do Ramal Araguari a Catalão e das Estações de Anhanguera, Cumari, Goiandira e Catalão.

No ano em que se celebra 109 anos da chegada da ferrovia no município. A Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Meio Ambiente, indústria, Comércio e Agricultura fez uma comemoração ao dia em parceria com o biógrafo e historiador da ferrovia em Araguari, o escritor Edmar Cesar Alves.


O presidente da Câmara Gabriel Miranda Barbosa disse que era com dever de justiça que declarava aberto a alusiva data comemorativa ao Dia do Ferroviário - Data que deve ser celebrada por todos nós, principalmente pelo fato de Anhanguera ser uma cidade ferroviária, pois a Estrada de Ferro Goyaz foi responsável pela fundação deste município, bem de sua linda história.

Os vereadores Celmar Cardoso dos Santos e Welton Silva parabenizaram ao prefeito Marcelo Paiva e a toda equipe pela organização da celebração do Dia do Ferroviário – que resgata a história da estrada de ferro. Celmar ainda ressaltou a presença do colaborador ferroviário aposentado Odilon Inocêncio de Oliveira.

A secretária municipal de Turismo, Adelaine Meira da Costa, salientou da alegria de estar enaltecendo esta data que tanto marca de inúmeros moradores e a história da cidade. Agradeceu a confiança ao prefeito Marcelo Paiva, de estar no comando da pasta e disse mesmo com a pandemia está replanejando as ações pra alavancar o turismo da cidade, assim que tiver a reabertura das atividades e puder ser realizados os eventos. Aproveitou a oportunidade para cita ações na área de Meio Ambiente, aonde está sendo realizado plantio de plantas nativas para o reflorestamento e revitalizada da área utilizada do Aterro Controlado do município de Cumari.

O vice-prefeito Flávio Pereira – neto do ferroviário Theodolino Pereira disse da felicidade de conhecer um pouquinho mais da história da estrada de ferro, que marca as vidas de muitos anhanguerinos.

O prefeito Marcelo Paiva sintetizou que comemorava nesta data festiva, com muito orgulho e entusiasmo o Dia do Ferroviário – jamais poderíamos de deixar de celebrar tão expressiva data em nosso calendário festivo, pois, a nossa cidade tem suas raízes fincadas sobre os trilhos da Estrada de Ferro Goyaz, somos originalmente uma cidade de origem e vocação ferroviária que auxiliou na construção desse grande e rico Estado de Goiás. Sentimo-nos orgulhosos por sermos considerado o Portal de Entrada da Estrada de Ferro em Goiás. Somos os pioneiros do estado na construção de ferrovias, assim assinalamos na história há 108 anos do inicio dessa saga que construiu o progresso e o desenvolvimento do solo goiano. Em seus cumprimentos referenciou os ferroviários anhanguerinos, aos apaixonados pela história da cidade como Osvaldo Aguiar e o ex-vereador Getúlio de Souza Lima – Culete.


Filho do ferroviário Divino Silvestre de Paiva, o prefeito Marcelo Paiva teve uma noite de muitas lembranças e emoções, de reviver ser ferroviário.

O evento, foi restrito a um número de pessoas, tomando todas as medidas sanitárias referentes a Covid 19 pela Secretaria Municipal de Saúde, visando a saúde, o bem-estar e a segurança de todos aqueles que estiverem presentes ao local, atendendo os protocolos estabelecidos e já conhecidos: uso de máscara, utilização de álcool em gel, distanciamento e a atenção devida nos deslocamentos no local. Reunindo ferroviários, autoridades e entusiastas para celebrar a ferrovia e sua história e, além de tudo, o profissional ferroviário que construiu as fitas de aço que ergueram e progrediram nossa história. Além do evento em homenagem aos ferroviários, o autor Edmar Cesar fez a apresentação de seu mais recente livro "Estrada de Ferro de Goyaz - As Fitas de Aço da Integração" que conta a história da transformação causada nas cidades cortadas pela estrada de ferro. O escritor ainda fez ainda sessão de autógrafos apresentando o livro que conta a história da ferrovia. Além dos 108 anos da chegada da ferrovia em Anhanguera, o ano de 2021 marca os 110 anos do primeiro trecho da Estrada Ferro de Goyaz ligando Araguari a Engenheiro Bethout.

Para o escritor Edmar Cesar celebrar o Dia do Ferroviário, nesta memorável e festiva noite em Anhanguera nos enche de satisfação e de orgulho, pois, nesta cidade foram fincadas as raízes da eterna e saudosa Estrada de Ferro no estado de Goiás, transformando-se na maior e mais importante rota de transporte e, consequentemente, no maior instrumento de integração do estado com os grandes centros do país, a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Com a abertura do tráfego ferroviário de Araguari a Catalão, tendo Anhanguera, como importante cidade fronteiriça com o Triângulo Mineiro, a história pujante do solo goiano começou a se desenhar com grandes feitos, tornando-se com o tempo, um dos mais importantes estados do território nacional. Com o advento dos trilhos da antiga Goyaz vieram o progresso e o desenvolvimento tão esperado, com o surgimento de povoados que se transformaram em cidades, além dos diversos imigrantes que aportaram na região, diversificando cultura, costumes, tradições numa sinergia transformadora.

E finalizando a programação da noite, na Prefeitura Municipal, o prefeito Marcelo Paiva descerrou o Painel da Estação Ferroviária de Anhanguera do artista plástico que ornamenta a Sala de Reuniões Lourival Vieira dos Santos.

Comunicar erro
Saneago
CMOC Queimadas
Sefac 10 anos Super

Comentários