Alego Concurso Fotografia

Goiânia: Rogério Cruz garante que não faltará segurança no retorno às aulas

Gestão Municipal investiu mais de R$ 2 milhões na compra de equipamentos coletivos de segurança para retomada segura das atividades presenciais

Por Redação, Márcia Abreu Da Diretoria de Redação em 13/08/2021 às 11:17:59

Ao ampliar vagas de Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) na manhã desta sexta-feira (13), o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, garantiu que "não faltará segurança no retorno às aulas presenciais", marcado para a próxima segunda-feira (16/08).

A declaração do chefe do Executivo foi no sentido de tranquilizar professores e funcionários da Educação quanto o retorno dos alunos às salas de aulas. "A comunidade escolar pode ficar tranquila, pois nós não deixaremos faltar equipamentos de segurança", afirma o prefeito.

Cruz reforça que a Prefeitura de Goiânia investiu, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), mais de R$ 2 milhões na compra de equipamentos coletivos de segurança para o retorno seguro das aulas presenciais. Além disso, a cidade avança na vacinação contra a Covid-19. Mais de 63,3% da população já recebeu a primeira dose do imunizante. "Garantimos que todos serão vacinados", completa o prefeito.

Novo método

Na ocasião, o prefeito Rogério Cruz contou que pediu ao secretário municipal de Educação, Wellington Bessa, um estudo detalhado sobre a atual metodologia de ensino e a implantação de um novo método a partir do próximo ano. O objetivo é evitar que crianças saiam dos Cmeis sem saber ler e escrever.

"É inadmissível que uma criança de cinco ou seis anos saia do Cmei e vá para a escola sem conhecer vogais, alfabeto e sem vocabulário. Não se pode ensinar a elas apenas sobre cuidados com cabelo e vestimenta. Se nas unidades particulares, elas saem com conhecimento de alfabeto e vocabulário, nas públicas deve acontecer o mesmo", concluiu.

Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Goiânia

Comunicar erro
Saneago
Campanha Setembro Amarelo Ipameri
Sebrae MIcroempresa

Comentários

Senador Canedo Campanha Refiz