CMOC BRASIL
Ouvidor Fica em Casa

Goiânia: Governador salienta que aliança do DEM era prioridade com PSD; PP adere a projeto

Caiado acrescentou que já existia "uma interação e uma tendência" para que fosse feita a vinculação da candidatura de Vanderlan com a de Wilder

Por Redação em 17/09/2020 às 00:59:42
Caiado em meio a Vanderlan e Wilder em Goiania (Reprodução)

Caiado em meio a Vanderlan e Wilder em Goiania (Reprodução)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) disse na noite desta quarta (16/9), que fechou a aliança em prol da candidatura do senador Vanderlan Cardoso (PSD) para a Prefeitura de Goiânia, porque foi a primeira conversa iniciada.


O democrata também tinha interlocução para um possível apoio a Maguito Vilela (MDB) na disputa, que não vingou. "Comecei a conversa com o Vanderlan e o Vilmar Rocha [presidente do PSD em Goiás] e seguimos assim, com muito respeito ao candidato Maguito", disse, durante evento que oficializou a chapa do senador com Wilder Morais (PSC) candidato a vice-prefeito.


Caiado acrescentou que já existia "uma interação e uma tendência" para que fosse feita a vinculação da candidatura de Vanderlan com a de Wilder, que chegou a ter o nome oficializado para disputar o cargo de prefeito. "Todas as peças caminharam e se encaixaram corretamente nesses dias. Foi uma convergência de ações com um resultado político ímpar", avaliou.


Ele elogiou Wilder por ter atendido ao seu convite para ser vice de Vanderlan e também o deputado federal Francisco Jr. (PSD), que recuou da pré-candidatura para que o senador fosse o nome do partido na disputa. O democrata também citou o deputado federal Zacharias Calil (DEM), que tinha se colocado à disposição do partido em caso de candidatura própria, por ter concordado com o apoio ao PSD.


Francisco foi convidado para assumir a coordenação da campanha da chapa e ficou de analisar. Uma questão na negociação de apoio do DEM para o PSD era a continuidade dessa aliança em 2022. Ponto de resistência por parte de Vilmar. Quanto a isso, Caiado disse que é muito cedo para falar. Vanderlan, por sua vez, disse que o apoio a Caiado na próxima disputa para governador está garantido. "Com certeza nós vamos estar com o governador na sua reeleição, se assim ele achar conveniente", destacou.


ALIANÇAS


No início da noite de ontem, o PP fechou apoio a Vanderlan na disputa, e a chapa agora conta com os partidos: DEM, PSD, PSC, PP, PMN e Avante. Os dois últimos estavam fechados com a candidatura de Wilder e acabaram migrando para o novo projeto. Nega na Moda (Avante), que estava confirmada como vice do ex-senador, agora volta a ser candidata a vereadora. Vanderlan disse que também busca apoio do PTB.


O PP, que havia tentado bancar vice de Vanderlan, com indicação do ex-deputado federal Sandes Júnior, cogitou aliança com Maguito Vilela (MDB) na tentativa de garantir um vice do partido na disputa em Goiânia. O que também não deu certo. A decisão por fechar com o PSD veio após diálogos entre Alexandre Baldy, presidente estadual da sigla, e Caiado.

Fonte: Com informações de O Popular

CMOC BRASIL
Saneago
CMOC Queimadas

Comentários

camara de ouvidor gif 3