CMOC BRASIL
coronavirus Ouvidor NOVO SUPERBANNER

Governo coloca for√ßas de seguran√ßa em opera√ß√Ķes em todo Estado

Objetivo é limitar ao máximo o fluxo de pessoas e evitar a propagação do coronavírus; Em caso de desobediência, medidas mais severas poderão ser tomadas

Por Redação em 22/03/2020 às 19:07:03
atuações criminosas que prejudiquem a população goiana como nos casos de orientação da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) sobre vírus que roubam dados, das ações do Procon e

atuações criminosas que prejudiquem a população goiana como nos casos de orientação da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) sobre vírus que roubam dados, das ações do Procon e

Para manter em vig√™ncia os decretos publicados na √ļltima sexta-feira (20/03) no Di√°rio Oficial do Estado, o Governo de Goi√°s, por meio da Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica (SSPGO), colocou em pr√°tica opera√ß√Ķes do Corpo de Bombeiros, Pol√≠cias Civil e Militar em todo o Estado. O objetivo é limitar ao m√°ximo o fluxo de pessoas como forma de criar uma barreira contra propaga√ß√£o do coronav√≠rus.

De acordo com chefe da pasta de Seguran√ßa, Rodney Miranda, a ordem é para que as pol√≠cias e os bombeiros ajudem no cumprimento, por parte dos goianos, do decreto do governo. "Vamos intensificar nossas a√ß√Ķes e, no que depender das for√ßas de seguran√ßa do Estado de Goi√°s, o decreto do governador ser√° cumprido integralmente, pelo bem de todos", refor√ßa o secret√°rio.

O governador Ronaldo Caiado também se pronunciou sobre a import√Ęncia de que se cumpra o decreto. Caiado garantiu que mesmo que achem as medidas duras, elas devem ser cumpridas e comenta sobre quem n√£o o fizer. "Sou homem que Deus me poupou do sentimento do medo. Eu tenho a coragem para enfrentar esse n√≠vel de discuss√£o. Onde puder, onde nossas pol√≠cias, vigil√Ęncia sanit√°ria, Procon, fiscaliza√ß√£o do Estado estiverem, essas pessoas sendo identificadas ser√£o multadas, levadas às delegacias, ter√£o que prestar depoimento e v√£o responder processo por atentar contra a sa√ļde p√ļblica", pontua.

"Esta decis√£o é para que amanh√£ n√£o tenhamos que ver em Goi√°s o que est√° acontecendo na It√°lia. Pessoas morrendo sem conseguir atendimento médico. Quem ainda acha que isso n√£o existe, acompanhe o notici√°rio, escute as pessoas que est√£o vivendo isso no mundo todo. Cuide dos idosos, ajude a defender nossa popula√ß√£o, vamos atuar na √°rea social. Se hoje n√£o tem aula nem trabalho, n√£o é pra ir para festas, pra√ßas nem passear. N√£o d√™ o mau exemplo! Ajude as pessoas", conclui o governador.

Opera√ß√Ķes da Seguran√ßa para a popula√ß√£o

As a√ß√Ķes adotadas pelo Corpo de Bombeiros do Estado de Goi√°s (CBMGO), nomeada de Opera√ß√£o "Comunidade Segura-Covid19", ir√£o durar enquanto houver situa√ß√£o de emerg√™ncia e devem ocorrer tr√™s vezes ao dia, sem preju√≠zo do atendimento de ocorr√™ncias. Os militares est√£o divulgando na comunidade a import√Ęncia do isolamento da popula√ß√£o nas resid√™ncias, bem como a alta probabilidade de contamina√ß√£o pelo v√≠rus em ambientes com aglomera√ß√£o de pessoas.


Os bombeiros est√£o solicitando, ainda, a popula√ß√£o, que atenda aos decretos do Governo do Estado de Goi√°s, suspendendo o funcionamento de locais com poss√≠vel reuni√£o de p√ļblico, além de divulgar os cuidados de higiene pessoal definidos pela Secretaria Estadual de Sa√ļde, bem como a import√Ęncia do isolamento nas resid√™ncias.

Em casos de insist√™ncia no descumprimento das medidas preventivas ao coronav√≠rus, a Pol√≠cia Militar de Goi√°s (PMGO) est√° orientada a intervir e adotar medidas coercitivas, realizando ocorr√™ncia com fundamento no artigo 268 do Código Penal (infra√ß√£o de medida preventiva). Nestes casos, os policiais militares est√£o orientados sobre a conduta adequada a ser tomada, também minimizando a propaga√ß√£o da Covid-19.


J√° a Pol√≠cia Civil de Goi√°s (PCGO), por meio de suas delegacias e departamentos, continua impedindo atua√ß√Ķes criminosas que prejudiquem a popula√ß√£o goiana como nos casos de orienta√ß√£o da Delegacia Estadual de Repress√£o a Crimes Cibernéticos (DERCC) sobre v√≠rus que roubam dados, das a√ß√Ķes do Procon e da Delegacia Estadual de Repress√£o a Crimes Contra o Consumidor (DECON) ao coibir o abuso de pre√ßos ou fabrica√ß√£o e venda de produtos falsificados.

Em a√ß√£o mais recente, por exemplo, na manh√£ deste s√°bado (21/3) policiais civis do Grupo Especial de Repress√£o à Crimes Patrimoniais de Luzi√Ęnia (GEPATRI) interceptaram a produ√ß√£o ilegal de √°lcool em gel num lava jato, em Luzi√Ęnia. Após as proced√™ncias legais como a apreens√£o de 30 litros de produtos falsificados e de recipientes que o autor utilizava para realizar as misturas, as autoridades refor√ßaram que, quem for flagrado vendendo, adulterando ou falsificando esses tipos de produtos incorrem no crime previsto no art. 273 do Código Penal, cuja pena é de 10 a 15 anos de reclus√£o.

Para ter acesso ao decreto, suas informa√ß√Ķes e determina√ß√Ķes, que ir√£o garantir a integridade f√≠sica de todos os goianos, basta acessar o site do Di√°rio Oficial do Estado de Goi√°s pelo link http://diariooficial.abc.go.gov.br/.

Em casos de estabelecimentos que n√£o respeitarem a interrup√ß√£o das atividades, como determina decreto, as den√ļncias podem ser realizadas pelo Sistema de Ouvidoria do Estado de Goi√°s, no endere√ßo www.ouvidoria.go.gov.br , clicando no √≠cone CORONA INFO. O cidad√£o também pode ligar para o n√ļmero 190.


Fonte: Secretaria de Segurança Publica - Governo de Goiás

CMOC BRASIL
Mosaic

Coment√°rios

camara de ouvidor gif 3