CMOC BRASIL
Ouvidor Fica em Casa

Programação jornalística da ABC cresceu 400%

Novos jornais para TV, rádio, programas esportivos e interação com a internet estão na programação envolvendo todos os veículos da agência

Por Redação em 04/10/2020 às 22:58:56
ABC TV (Reprodução Portal Sdnews)

ABC TV (Reprodução Portal Sdnews)

A programação jornalística das emissoras da Agência Brasil Central (ABC) cresceu 400% só no último mês e seguirá em alta até o final do ano. São muitas novidades tanto na TV Brasil Central quanto nas rádios RBC FM e Brasil Central AM, segundo informa o diretor de Telerradiodifusão Rafael Vasconcelos. Interação de mídias na internet também faz parte do pacote.


Os primeiros incrementos na programação já estão no ar na TV, com a segunda edição do telejornal TBC, o TBC 2, que conta com dois apresentadores e noticia os fatos e acontecimentos de Goiás de segunda à sexta, das 18h às 19h. Na sequência veio outra novidade, o TBC Esportes, resgate de uma tradição de jornalismo esportivo da agência que vai ar também diariamente, das 19h às 20h.


Junto com o TBC Esportes nasceu o TBC Memória, programa semanal que resgata personagens importantes da história de Goiás. De quadro fixo dos telejornais TBC 1 e 2, que seguirá sendo exibido sempre às quartas-feiras, o TBC Memória virou programa próprio que estreia no próximo sábado, 3, às 12h30, com reprise no domingo, 4, ao meio dia.


Em parceria com a TV Alego (da Assembleia Legislativa) estreou o Jornal da Manhã, veiculado de segunda à sexta, das 7h30 às 8h30. E na última quinta-feira, 1º de outubro, teve mais estreia, desta vez nas rádios com o Informe Brasil Central. Trata-se de um novo programete jornalístico a ser veiculado pelas Rádios Brasil Central AM e RBC FM. Ele vai ao ar três vezes ao dia, às 18h, 20h e 22h, com dez minutos cada, apresentado pelo jornalista Guilherme Rigonato.


Rafael Vasconcelos cita ainda na TV o resgate do TBC Agora, programa de hora em hora com transmissões ao vivo das principais ações do governo. No formato há um apresentador do estúdio e um repórter do local, trazendo em primeira mão informações e todos os detalhes dos eventos e ações do Executivo.


Interação com redes sociais


Veículos da nova era, as redes sociais saíram do mero entretenimento e hoje balizam grandes projetos de mídia. Na ABC não será diferente, diz Rafael Vasconcelos. "Estamos desenvolvendo dois programas de radiojornalismo, que vão ao ar em forma de "live" [transmissão ao vivo pela internet, em redes sociais], entrando em cadeia com a TV Brasil Central", revela.


Um deles já tem nome e vem da rádio. É o Estúdio Brasil Central, programa de uma hora, das 13h às 14h, trazendo muito informação de Goiás que será compartilhada das mídias físicas (rádio e TV) com as mídias virtuais (redes sociais). De quebra, vai vitaminar a programação jornalística das emissoras de rádios.


Para dar suporte às novidades, Vasconcelos diz que a agência está adquirindo novos cenários, que servirão tanto à programação já existente quanto às novas que serão criadas ao longo do tempo. Uma integração física entre os profissionais da ABC também está sendo projetada na chamada Sala Ayrton Senna.


Nesse espaço, os funcionários poderão ter acesso direto ao presidente Reginaldo Júnior, ao próprio Rafael Vasconcelos e aos gerentes da RBC AM/FM e da TV Brasil Central. Parte dos investimentos será canalizada para a renovação completa dos estúdios da RBC FM, um processo já em curso para receber todas as novidades que estão sendo preparadas.


Fonte: Com informações da ABC Digital

CMOC BRASIL
Saneago
CMOC Queimadas

Comentários

camara de ouvidor gif 3